Mais de 180.000 pessoas seguem este blog. Verifique nosso contador:

Seja um seguidor deste blog (preencha com seu e-mail)

Meu filho tem um comportamento diferente das outras crianças. Pode ser autismo?


Esta é a pergunta que mais tenho ouvido nos últimos tempos, no meu consultório.

Quando os pais, a escola ou o pediatra, identificam problemas no desenvolvimento da criança, seja na fala, na motricidade, na interação social, no comportamento inadequado, entre outros, a criança deve ser avaliada por um profissional especializado nesta área que pode ser da neuropsicopedagogia ou da neuropsicologia.

Nem todas as crianças e adolescentes que chegam no meu consultório com queixa de atraso no desenvolvimento, são realmente diagnosticados com algum transtorno ou distúrbio, muitas vezes o "atraso", é por falta de estímulos adequados para desenvolver e potencializar suas habilidades e competências.

Mas, quando o procedimento de avaliação me leva a identificar um distúrbio ou transtorno do neurodesenvolvimento, é realizado o protocolo para diagnóstico baseado nos critérios internacionais da American Academy of Pediatrics (AAP) e da American Psychiatric Association (APA) em seu Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders, Fifth Edition – DSM-5), incluindo histórico e observação de comportamentos característicos.

Além do protocolo padronizado, também é realizado: Anamnese (entrevista) com os pais ou responsáveis; Entrevista com a escola ou análise dos relatórios; Revisão de registros médicos relevantes; Avaliação cognitiva, psicomotora, psicolinguística de desenvolvimento; Observação direta do jogo, análise das habilidades sociais; Medição do funcionamento adaptativo; Análise das alterações sensoriais e dos comportamentos repetitivos; Análise dos comportamentos disruptivos; Análise socioemocional; Entre outros de igual relevância para o diagnóstico.

Os resultados me mostrarão qual real motivo do atraso no desenvolvimento, se é Autismo, TDAH, Dislexia ou outros, inclusive suas comorbidades.

O DIAGNÓSTICO É AUTISMO. E AGORA?

Autismo ou TEA (Transtorno do Espectro Autista) é um transtorno do neurodesenvolvimento que causa dificuldades de menor ou maior comprometimento nas áreas de comunicação, interação social e comportamento. O TEA é um distúrbio comum do desenvolvimento neurológico que influencia significativamente a vida das crianças afetadas e de suas famílias, pela necessidade de diversos serviços educacionais, de saúde e outros. Segundo dados da OMS, para cada grupo de 59 crianças na faixa etária de 8 anos, há 1 com TEA. E uma menina para cada quatro meninos. Atualmente a ciência fala não só de um tipo de autismo, mas de muitos tipos e níveis diferentes, que se manifestam de uma maneira única em cada pessoa e é por isso que recebeu a nomenclatura de Espectro Autista.

Assim que o diagnóstico for fechado, o profissional ou a equipe multiprofissional, irá desenvolver o Projeto Terapêutico, com base nas necessidades sociais e educacionais da criança ou adolescente, que pode conter terapias com neuropsicologia, psicopedagogia, terapia ocupacional, fonoaudiologia entre outras. Também deve ser traçado um mapa de orientações para a família e a escola. As orientações podem modificar de acordo com o processo de intervenção.

DIAGNÓSTICO NÃO É DESTINO!

É o que sempre digo para as famílias, o diagnóstico deve nos mostrar que caminho seguir para o desenvolvimento da criança ou adolescente e auxiliar a família e a escola nesta caminhada, que não é fácil, mas com certeza será a um grande aprendizado.

Tenho um grande orgulho dos meus pacientes, que me mostram evolução a cada consulta.

AUTISMO E DIREITOS

As pessoas com TEA contam com as Leis Federais: Lei nº 7.853/89 (Dispõe sobre o apoio às pessoas com deficiência) e Lei Nº 12.764/12 (Institui a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista - Popularmente chamada como Lei Berenice Piana).

Se você se interessou sobre o assunto e quer entender melhor as dificuldades do seu filho, entre em contato e agende uma sessão de orientação, sou especialista em dificuldades, distúrbios e transtornos do neurodesenvolvimento. Realizo diagnósticos de: Autismo (TEA); Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH); Transtorno Opositivo Desafiador (TOD); Altas Habilidades; Dificuldades de Aprendizagem; Dislexia, Discalculia, Disgrafia, Disortografia; Problemas de Comportamento.

Dra. Regiane Souza Neves
Sou doutora e mestra em saúde mental, neuropsicopedagoga, neuropsicóloga, psicopedagoga, psicomotricista e psicanalista. Autora do livro "Transtorno do Espectro Autista: Conhecer, Diagnosticar, Intervir e Orientar".

Agende sua consulta pelo Whatsapp 11 93215-1900. Consultas apenas com hora marcada. Atendimento para crianças, adolescentes, adultos e idosos. Endereço do Consultório: Rua General Bitencourt, 196, Centro de Osasco.

Neste blog, você encontra tudo sobre AUTISMO.