Coleção Educativa Dona Corujinha - Pedagogia e Psicopedagogia

ATIVIDADES PARA: EDUCAÇÃO INFANTIL, SALA DE ALFABETIZAÇÃO, ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO, INCLUSÃO DE ALUNOS NAS SALAS REGULARES E CONSULTÓRIO PSICOPEDAGÓGICO.

Os quatro volumes somam mais de 400 atividades, todas alinhadas com os campos de experiências da BNCC.

Sinopse: As atividades de coordenação visomotora são importantes para o desenvolvimento das crianças na educação infantil, na alfabetização e na inclusão de alunos. Além de, favorecer e enriquecer o trabalho no consultório psicopedagógico.

Volume 1: Esquema e Imagem Corporal, Espaço-Temporal, Lateralidade e 5 Sentidos (228 páginas)

Volume 2: Linguagem (120 páginas)

Volume 3: Matemática (62 páginas)

Volume 4: Datas Comemorativas e Moldes de máscaras (82 páginas)

Este é um material didático para pedagogos e psicopedagogos elaborado e produzido pela Profª Dra. Regiane Souza Neves. 

Você receberá no seu e-mail todos os volumes, por apenas R$ 59,00. 

Para comprar os e-books é só clicar no link abaixo:

Clique aqui para saber mais.








A importância da coordenação visomotora no desenvolvimento infantil

De acordo com o tipo de movimento que a criança realiza, a coordenação visomota poderá ser ampla ou geral – refere-se aos movimentos dos grandes segmentos do corpo (membros superiores e inferiores) – e fina ou manual – implica a harmonia e a precisão dos movimentos finos dos músculos das mãos, ou seja, ela é uma prontidão para a alfabetização.

Um bom treino de coordenação visomotora deve levar em conta a faixa etária das crianças. Quando mais jovens, maior ênfase deve ser dada ás atividades que envolvem trabalho com os grandes músculos. Á medida que se vai desenvolvendo e adquirindo mais domínio sobre o corpo, os pequenos músculos necessitam ser exercitados. 

Um bom domínio da coordenação visomotora favorece o desempenho das crianças na leitura e na escrita: o movimento dos olhos da esquerda para a direita, o controle do corpo e o reconhecimento de sua simetria permitem reconhecer o espaço disponível e a distribuição ordenada da escrita no papel.

Ao treinar a coordenação visomotora, deve-se ter como objetivo levar a criança a:
1. Desenvolver o controle muscular, coordenação visual e manual;
2. Desenvolver hábitos corretos que envolvem a motricidade;
3. Exercer o controle funcional das mãos, através da independência mão/braço e dedos;
4. Adquirir controle sobre a musculatura fina, realizando recorte, alinhavo, colagem, bordado, desenho, pintura, montagem, escrita etc.

As atividades desenvolvem os seguintes esquemas:
1. COORDENAÇÃO MOTORA FINA: Capacidades de realizar e dominar os movimentos da mão e dos dedos, como realizar pressão digital, preensão digito palmar, preensão em pinça (escrever);
2. COORDENAÇÃO VISOMOTORA: Capacidade de coordenar a musculatura com o ato de olhar, do tipo que é exigida em tarefas como recortar, desenhar, pintar, escrever, etc. Além de desenvolver a lateralidade, esquema corporal, espaço-temporal e demais percepções;
3. MEMÓRIA VISOMOTORA: Capacidade de reproduzir de forma motora experiências visuais anteriores.